Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

CONTRAPONTO

O MEU PRIMEIRO BLOG E QUE RESUME ATÉ HOJE OS TEMPOS BONITOS DOS COMPANHEIROS E AMIGOS "BLOGERS"...

CONTRAPONTO

O MEU PRIMEIRO BLOG E QUE RESUME ATÉ HOJE OS TEMPOS BONITOS DOS COMPANHEIROS E AMIGOS "BLOGERS"...

24
Dez12

HISTÓRIAS DE NATAL... OU NÃO.

jotaeme

Hoje logo pela manhã vêm-se pessoas a correr de lado para lado, preparando uma noite que se avizinha de grandes convívios e celebrações. Como seria bom se estes hábitos se evidenciassem pelo ano adentro. Em minha casa haverá a situação normal de que eu gosto, porque necessito dela (quase) todos os dias. Desde muito novo que me apercebi de que não é muito bom, este acréscimo de cumplicidades familiares, centrado apenas numa noite, dos possíveis cinquenta e dois fins de semana, dias ditos de descanso após uma semana de trabalho, (para quem tem ainda o seu trabalho ou emprego), Louvo todos aqueles que durante trezentos e sessenta e cinco dias, tentam manter os seus afetos em dia, ajudando quando é oportuno ajudar, convivendo se possivel todos os dias, aproveitando a contagem inexorável do tempo ao segundo.

Não contem comigo para andar especialmente preocupado em enviar Sms, Mensagens, pré formatadas a repetir até á exaustão os votos de grande Noite de Natal e um Bom Ano Novo. Faço-o apenas alguns que comigo convivem e comunicam de janeiro a dezembro. E é assim que sinto conforto e satisfação. E relembro a todos nós, mais uma vez, não esperem por estas datas para ver, falar, cumprimentar, abraçar, todos aqueles a quem queremos bem.

Só assim me sinto bem e perdoem-me se vos pareço arrogante ou presumido, mas sou assim, por educação, sem limites religiosos que algumas vezes também induzem a este comportamento da sociedade moderna. Idosos abandonados nos hospitais e que não têm para onde ir! Outros vivendo sós, todos o ano sem uma palavra e carinho! Como acham que estas pessoas se sentirão?

Eu próprio sinto a falta daqueles que já da lei da morte se libertaram, se dependesse de mim, a Imortalidade seria um facto!

Mas como sabemos que o Ser Humano e a sua criação é assim como tem sido, aproveitemos então todo o tempo disponível. Porque se bem aproveitados todos estes momentos, irão ver que estas datas, não terão tanto impacto nas nossas vidas porque reforçados nos nossos sentimentos e laços familiares, e a Vida será muito mais fácil de enfrentar dia a dia,

E não querendo ser pessimista, os tempos próximos não vão ser faceis para todos Nós, em grande parte, porque os Homens, estão a deixar-se ultrapassar para Valores dos séculos passados, apagando ou tentando apagar todas as conquistas, (boas) que se fizeram até aos dias de hoje, Refiro-me como é evidente às sociedade modernas, arejadas, limpa de opressão física ou espiritual! Porque para os restantes, estas datas continuam sem significado, centrados apenas em muitos casos na simples sobrevivência, do alimento necessário para que se resista e se tente viver...Simples. Mas incrivelmente verdadeiro.

É assim que eu vivo estes dias de final de ano, sempre desperto para estas facetas humanas. Podem dizer, que temos de fazer intervalos, nestas imagens menos positivas, mas a mim não me parece que me faça bem. Prefiro estar sempre disponível para estas realidades e tentar sempre, rentabilizar todo o tempo que vamos tendo neste planeta Terra, que apesar de todas as agressões de que tem sido alvo, ainda nos ensina e lembra que resiste aos Humanos e nos dá em troca momentos e coisas boas.Assim as façamos por merecer.

E como diz um Amigo meu: Façam o favor de ser felizes, e...portem-se bem!

 

 

 

 

 

Texto escrito conforme o Acordo Ortográfico - convertido pelo Lince.     

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2005
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
  222. 2004
  223. J
  224. F
  225. M
  226. A
  227. M
  228. J
  229. J
  230. A
  231. S
  232. O
  233. N
  234. D