Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



VET 1.png

 

Se há temáticas que se revelam de muito interesse para nós portugueses é a posição assumida pela Ordem dos Veterinários, sugerindo incentivos fiscais dedutíveis em sede de IRS, para os donos de animais domésticos e de companhia para que se minimizem os custos de uma boa assistência médica e uma condição mais saudável aos animais repercutindo-se esta condição, em mais benefícios para todos os que com eles conviverem!

Combater ainda a cobardia e inenarráveis comportamentos de pessoas, (alegadamente, donos), que os abandonam á sua sorte á mais pequena dificuldade em deles cuidarem e chamando a sua atenção para a sua responsabilidade moral e ética.

Para melhor ilustrar a vertente dos custos sanitários que uma boa conduta exige deixo aqui uma experiencia pessoal:

Tive em minha casa uma porquinha da India, que após uns tempos de bom comportamento, e com muito afeto, um dia de repente, adoeceu com sintomas de dificuldade de respiração. Levada de imediato a um consultório de Veterinária, foi-lhe diagnosticada uma pneumonia, tendo sido medicada, e a conselho do Veterinário, ficou em observação nas suas instalações. No dia seguinte recebi a triste notícia de que a porquinha, Fofinha de seu nome, não resistiu! Pelo tratamento de urgência e estadia de uma noite paguei 50 euros. Dos quais não me arrependo!

VET 2.png

 

Ter animais domésticos bem cuidados tem custos e é esta faceta que muita gente parece ignorar! E reagem de modo indigno, com abandono, condenando-os a um final ignóbil!

Por todas estas mudanças que se pressagiam para melhor cuidar dos animais, é que escrevo aquilo em que acredito! Portanto Srs. políticos, pensem em legislar cada vez mais e melhor, também com os animais domésticos no objetivo final! Eles “agradecem" e de que maneira, quando são bem queridos!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:33



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D