Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




A DEMOCRACIA NA EUROPA ESTÁ DOENTE…

por jotaeme, em 26.05.14

Mais uma vez, no rescaldo eleitoral de ontem, os Cidadãos europeus mostraram o quanto estão desiludidos e divorciados dos Partidos políticos e do modo como estes estão a exercer a governação sempre em favor dos seus interesses partidários, para não dizer pessoais, e mandam às malvas os sonhos e projetos que todos nós ambicionamos, já que estamos no continente que se intitula do primeiro mundo…dá que pensar em boa verdade!

Não me conformo com este procedimento, mesmo que se sintam defraudados com este modo de fazer política! Como é possível vermos manifestações grandiosas nas ruas e depois nos atos eleitorais muitos desses cidadãos ficam em casa? Que legitimidade terão para revindicarem contra os atores políticos? Nem que seja para votar em branco, todos nós devemos cumprir esse Dever para continuarmos a exigir os nossos Direitos, ou não será assim?

Índices de mais de sessenta por cento de abstenção é de assustar qualquer mente pensante. Eles os políticos já há muito tempo sabem que assim é! Mas para eles o que lhes interessa são as suas vitórias nem que sejam com participações de vinte ou trinta por cento de eleitores. Eles querem lá saber da nossa indignação. Reclamam vitórias retumbantes, quando nós simples cidadãos lhes atribuímos vitórias de Pirro…uma desilusão.

Eu passei pelo Estado Novo de Salazar e na altura toda a gente reclamava a Democracia para poderem influenciar o seu dia adia em Liberdade. Desde a revolução de Abril de 1974, têm essa possibilidade e passados quarenta anos onde estamos?

Por todas estas razoes não me sinto confortável com o rumo que esta Europa vai mostrando! Há que refletir muito a serio sobre este ambiente “democrático”.

Deixemo-nos de birras e vamos manifestar as nossas vontades com as ferramentas que são as mais assertivas e que nos podem trazer resultados mais consistentes com as nossas vontades! Nas ruas sim, manifestações públicas são perfeitamente legitimas. Mas desde que feitas com seriedade e civismo. Nada daqueles espetáculos deprimentes compostos de violência gratuita e com destruição de bens que só aproveitam aos oportunistas e gatunos que se misturam com essas massas de gente, e que se estão marimbando para o exercício da verdadeira democracia que deve estar na força das nossas palavras e ideias politicas e não na violência…!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:04



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D