Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



ANGOLA DOS NOSSOS DIAS. (Que floresçam buganvílias...).

Ontem no canal 2 da nossa estação pública foi emitido um primeiro programa sobre este país que tantas memórias trazem a muitos de nós portugueses que por lá passaram, viveram, trabalharam, e que nos tocam com especial interesse tudo o que lá se vive e acontece (falo por mim, pelo menos). E é com um misto de alegria e preocupação que me concentrei a fundo no rol de imagens, opiniões, emitidas por Angolanos da 1ª 2ª e 3ªs gerações que nos mostram como se lá vive e luta por um país que se quer novo, actuante, mas que dê reais possibilidades de alcançar um nível satisfatório de desenvolvimento para todos eles. Testemunhos fornecidos por jovens, falando com mente aberta sobre os seus sonhos e planos de vida, dos meios utilizados para a sobrevivência em alguns casos quase dramáticos, maneiras e meios muito diferentes do estereótipo criado pelos portugueses no passado colonial, retratam com fidelidade a nova realidade Angolana. Eu como cidadão Português e do mundo, que por lá passei e vivi anos fundamentais da minha vida pessoal,só tenho que desejar que esta Nação progrida e alcance bons níveis de desenvolvimento e que as suas consequências, revertam inteiramente para todos os que vivem e labutam nesta terra angolana, que tem todas as condições para lá chegar...

Confesso que desta vez vi todo o documentário, colocando as emoções de um passado por mim feito à minha maneira, totalmente de lado e vi apenas o que a realidade dos dias de hoje nos mostra, sem saudosismos ou paternalismos de qualquer espécie. E é isso que todos nós devemos fazer, como comunidade lusófona a que todos pertencemos, com todas as qualidades e defeitos... sem mais!

, Força Angolanos, façam o vosso presente e o futuro dos vossos descendentes...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:43



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D