Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




...

por jotaeme, em 30.09.06

Que razões lógicas suportam este tipo de actos e que justificam o quê? Que Deus mandará uma pessoa, um ser humano, amarrar à cintura uma carga de explosivos e ir à procura de vítimas sacrificiais, e quantas mais melhor, e dizer que é uma acto justo?

Não seria mais racional o bombista suicida fazer-se detonar sozinho? Ou será que muitas das vezes esse mesmo candidato a mártir é “obrigado compulsivamente” a praticar esse martírio? E porquê o objectivo de causar o maior número possível de vítimas com a sua louca decisão?

Haverá alguma racionalidade ou justificação? Ou alguém acredita que os bombistas suicidas o fazem na mira do prémio no Paraíso?

E depois ofendem-se com algumas palavras descuidadas de certas personalidades, como motivo de fúria e perseguição ás suas crenças e praticam diariamente estes actos insanos arrastando um número impressionante de pessoas inocentes para uma trágica morte, cujo único erro, é estar à hora errada no local errado

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:06


1 comentário

De H a 02.10.2006 às 22:23

No meu ponto de vista os suicidas são completamente desinformados do conceito
geral do Corão.São manipulados por forças extremistas que se escondem por
trás do véu "guerra santa" com intenções políticas escondidas.
O Corão diz que as almas que chegam ao paraíso atingem a sua plenitude. Nunca
li em nenhuma linha " suicida-te e leva contigo mais 500 almas e terás
lugar no paraíso como mártir". Devo mencionar também as elevadas fortunas
que pagam às famílias dos suicidas em troca da sua vida. A interpretação
islamica do Corão é completamente errada. Não é assim tão diferente da
nossa biblia. O fanatismo é que lhe dá as interpretações que são mais
convenientes na conjectura politica imposta por "lavagens a um cérebro" já
desviante por natureza.
Abraço


Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D