Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




A JUSTIÇA E OS SEUS RECURSOS...

por jotaeme, em 15.06.06
A FILOSOFIA, SUAS CONCEPÇÕES E A FAMÍLIA SIMPSON…
Quem nunca viu esta série na TV e no sucesso sem precedentes que alcançou entre nós Portugueses e no mundo ocidental? Aliando uma forte componente do status de vida norte americano, tem muitas semelhanças com o nosso modo de pensar e agir na nossa sociedade com os seus vícios e virtudes e suportado por uma dose de humor que em certas alturas nos faz rir a bandeiras despregadas!
Nesta família tipo, todos os seus personagens mostram o seu papel, nas variadas facetas que a compõem e que nos lembram através do humor, ironia e subtileza, como funcionamos e muitas vezes nem nos damos conta de quão parecidos ficamos com estes personagens, para o bom e o mau!
Questões como "Qual é a concepção de Deus de Lisa?" ou "O mau comportamento de Bart pode ser visto à luz de Nietzsche?" colocam-se, quando vistas à lupa, sob um ponto de vista filosófico, numa das séries de televisão mais conhecidas e populares entre todos os escalões etários, nos últimos anos – "The Simpsons".
Um livro denominado exactamente "The Simpsons and Philosophy" dá conta da componente filosófica que atravessa a série animada, que é baseada na vida de uma cidade e dos seus habitantes com uma dose de ironia em trejeitos intemporais.
O autor da série, Matt Groening, estudou Filosofia, e assume, naturalmente, a influência que esta teve na criação dos conteúdos de "The Simpsons".
Dezoito ensaios, uns mais detalhados que outros, de vários filósofos, explicam a relação entre a série animada norte-americana e as teorias que fazem a história da filosofia. O livro, já utilizado para estudo na universidade, estabelece, por exemplo, comparações entre Bart Simpson e Nietzsche, pelos seus retratos de ética anarquista. Associa Maggie Simpson a Lao Zi pela valorização do silêncio, e ainda Homer Simpson com Aristóteles, por viver uma "vida cheia".
Os ensaios exploram a tese de Homer ser moralmente inapto como parece. Se Lisa nos pode ensinar alguma coisa sobre a intelectualidade na América, bem como se os "Simpsons" actualmente oferecem uma tradicional (conservadora) visão da família, entre uma série de outros decentes tópicos.·
Há sempre o pretexto de uma personagem ou circunstância de "The Simpsons" para apresentar ao leitor o pensamento de um importante filósofo. A obra pretende atrair os que gostam da filosofia para a animação ou então o contrário. A partir da série também se pode aprender algumas das coordenadas mais importantes da arte do bem pensar.
Com todas estas características e “virtudes” aconselho vivamente o visionamento desta série que através do desenho animado nos faz pensar e sorrir com frequência, que é coisa que por aqui vai faltando e “lendo” nas entrelinhas todas as virtualidades de sociedades e modos de vida que eu prefiro mil vezes, à restrição “moral e cívica” que algumas culturas fundamentalistas nos querem propor nos dias de hoje…



Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:41



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D