Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




MOMENTOS...

por jotaeme, em 15.01.05
Diapositivo10000.JPG

Momentos…
Não, não vos vou falar sobre o Pedro Abrunhosa, artista da nossa praça que admiro, mas sim de uma miscelânea de acontecimentos de que me dá ganas falar e partilhar convosco.
Nós portugueses têm a tendência para a originalidade, em termos comparativos com outros povos. Vejamos o exemplo da anunciada lei contra o tabagismo com as restrições mais que necessárias para que, os não fumadores (no grupo do qual eu me incluo) não sejam afectados por esse hábito que tão pernicioso é para a saúde de todos. Países como os E.U.A., Irlanda, Itália, já puseram em prática leis semelhantes e que me conste, não morreu ninguém por isso! Tiveram sim que se adaptar ás novas circunstâncias e limites previstos por essas leis. Tão só! Aqui no nosso Portugal começam os nossos legisladores a trabalhar e bem na nossa nova lei e eis que a meio do caminho, o que previa proibição absoluta em locais como restaurantes, cafés, bares, nos locais de trabalho, começam estes feitores das leis a “inventar”, e colocam uma emenda, deixando ao livre arbítrio dos donos desses locais o uso ou não do fumo dos cigarros! Quer dizer, ninguém vai cumprir este objectivo que era salvaguardar os que não fumam mas gostam de ir a bares, restaurantes, cafés, tal como eu por exemplo, e que já não têm conta as vezes que me vejo obrigado a sair desses locais por se tornar insuportável lá estar nessas condições! Os governantes portugueses estão a assim a perder uma oportunidade única de criar condições mais saudáveis para todos nós, só por causa dos interesses corporativos e financeiros. Nos locais de trabalho dou um exemplo elucidativo na empresa onde trabalho. Da área têxtil, por condições de segurança é proibido fumar em toda a área produtiva e o que é que a empresa fez para evitar os que fumavam ás escondidas: Criou salas de fumo, estanques, para aqueles que não suportavam estar sem fumar durante o período de trabalho. A mim continua a parecer-me uma panaceia, mas pelo menos não fumam ás escondidas, nem põem em perigo a saúde dos outros.
Termino, dizendo desde já que não tenho nada contra quem fuma (certo Mónica?), isso é lá com eles. Nunca deveremos deixar que os nossos hábitos e costumes afectem os outros ok? Este princípio está intimamente ligado ás bases em que se fundamenta a democracia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:20


9 comentários

De Anónimo a 02.01.2006 às 16:01

para os não fumadores e a quem incomoda o fumo:
http://no-smokezone.planetaclix.pt

Pode anunciar grátis quem tem estabelecimento com essa preocupação.

Em Espanha já nos passaram à frente. Para quando a coragem em Portugal?artur
(http://no-smokezone.planetaclix.pt)
(mailto:no-smokezone@clix.pt)

De Anónimo a 02.01.2006 às 16:01

para os não fumadores e a quem incomoda o fumo:
http://no-smokezone.planetaclix.pt

Pode anunciar grátis quem tem estabelecimento com essa preocupação.

Em Espanha já nos passaram à frente. Para quando a coragem em Portugal?artur
(http://no-smokezone.planetaclix.pt)
(mailto:no-smokezone@clix.pt)

De Anónimo a 19.01.2005 às 14:04

Na era actual qualquer bom economista traz na carteira uma calculadora.
Há dias Jose Socrates tentou armar-se em economista e prome-teu... tirar da pobreza 1 em cada 5 portugueses.
Giro que diz disponibilizar só 200 milhoes de euros para tao ardua tarefa.
O facto é que a intençao é boa , a INTENÇAO...
200 milhoes , nao chegam nem só para um mes , dos aumentos prometidos.
Deveria ele levar a calculadora ao mecanico?
Ou deixar de fazer promessas em que so ele mesmo acredita?

Há 3 meses chamava ha governaçao de trapalhadas .
Agora nao apresenta alternativas , antes confirma pretender continuar com as mesmas.
Para isso deixasse lá ficar quem lá estava e nao obrigasse o pais a mergulhar num pantano devido da demissao de um governo.
Onde esta a sua diferença ?
Quer sentar na cadeira do santana e continuar o trabalho que ele começou?
Porque chamou-lhe de TRAPALHAO?
Só porque sonhava em ser 1º ministro?

Segundo as ultimas sondagens o Ps já será obrigado a fazer coligaçao pós-eleitoral com o PCP e BE.
Sendo o PCP e o BE , os que permanecem com as convicçoes mais firmes junto do seu eleitorado , quem pensa Socrates que virá a ser o lider da coligaçao?

Ou acredita ele que o PCP vai deixar o PS voltar a encerrar milhares de lares , como foi na era Guterrista?

Socrates já terá esquecido as ameaças que as famacias faziam de boicote ao fornecimento de medicamentos , enquanto o governo Guterres nao pagasse as comparticipaçoes?

Senhor Socrates , Tem algum plano de construçao de maternidades para as listas de espera das futuras gravidas para fazer aborto?
Ou pensa que o BE , perdoa?
Considera esse o melhor contraceptivo?

Esperamos por um plano para o pais, pois se voce apenas quer ser gestor dos programas deixados pelo PSD , que fará voce quando estes estiverem concluidos?

Por favor nao minta tao descaradamente , senao a esquerda em Portugal perde , pois todos sabem que com ou sem o seu governo , Bruxelas ja aprovou verbas para a construçao do TGV.

Uma pergunta os eleitores fazem ao sr Socrates neste momento.
- Porque chamou de trapalhadas , as iniciativas que agora o sr pretende continuar?
Afinal quem era ou quem é o Trapalhao?

Acha bem prometer desenvolvimento economico , sabendo que os investidores e o empresariado em geral nao o querem no governo?
Recorda as 200 mil empresas falidas no ultimo ano do seu mandato com Guterres?
Nao ve os empresarios portugueses todos a fugir para a China , desde que o governo foi dissolvido?
Pensa que eles já esqueceram as reformas fiscais do Pina Moura?

E os beneficios fiscais que tao grande trapalhada eram na sua boca , porque nao os restitui?

Nao conte com coligaçoes enquanto nao se explicar.
E se calhar , senao explica a tempo , nem será necessario pensar nelas.

Por isso que nao quer aparecer sozinho na televisao frente ao PSd/PP , tem medo de os enfrentar.
Mas Socrates acha que o PCP e o BE sao porta voz do PS ou vao fazer campanha por ele?

Carla Afonso
</a>
(mailto:amadoran@sapo.pt)

De Anónimo a 19.01.2005 às 14:04

Na era actual qualquer bom economista traz na carteira uma calculadora.
Há dias Jose Socrates tentou armar-se em economista e prome-teu... tirar da pobreza 1 em cada 5 portugueses.
Giro que diz disponibilizar só 200 milhoes de euros para tao ardua tarefa.
O facto é que a intençao é boa , a INTENÇAO...
200 milhoes , nao chegam nem só para um mes , dos aumentos prometidos.
Deveria ele levar a calculadora ao mecanico?
Ou deixar de fazer promessas em que so ele mesmo acredita?

Há 3 meses chamava ha governaçao de trapalhadas .
Agora nao apresenta alternativas , antes confirma pretender continuar com as mesmas.
Para isso deixasse lá ficar quem lá estava e nao obrigasse o pais a mergulhar num pantano devido da demissao de um governo.
Onde esta a sua diferença ?
Quer sentar na cadeira do santana e continuar o trabalho que ele começou?
Porque chamou-lhe de TRAPALHAO?
Só porque sonhava em ser 1º ministro?

Segundo as ultimas sondagens o Ps já será obrigado a fazer coligaçao pós-eleitoral com o PCP e BE.
Sendo o PCP e o BE , os que permanecem com as convicçoes mais firmes junto do seu eleitorado , quem pensa Socrates que virá a ser o lider da coligaçao?

Ou acredita ele que o PCP vai deixar o PS voltar a encerrar milhares de lares , como foi na era Guterrista?

Socrates já terá esquecido as ameaças que as famacias faziam de boicote ao fornecimento de medicamentos , enquanto o governo Guterres nao pagasse as comparticipaçoes?

Senhor Socrates , Tem algum plano de construçao de maternidades para as listas de espera das futuras gravidas para fazer aborto?
Ou pensa que o BE , perdoa?
Considera esse o melhor contraceptivo?

Esperamos por um plano para o pais, pois se voce apenas quer ser gestor dos programas deixados pelo PSD , que fará voce quando estes estiverem concluidos?

Por favor nao minta tao descaradamente , senao a esquerda em Portugal perde , pois todos sabem que com ou sem o seu governo , Bruxelas ja aprovou verbas para a construçao do TGV.

Uma pergunta os eleitores fazem ao sr Socrates neste momento.
- Porque chamou de trapalhadas , as iniciativas que agora o sr pretende continuar?
Afinal quem era ou quem é o Trapalhao?

Acha bem prometer desenvolvimento economico , sabendo que os investidores e o empresariado em geral nao o querem no governo?
Recorda as 200 mil empresas falidas no ultimo ano do seu mandato com Guterres?
Nao ve os empresarios portugueses todos a fugir para a China , desde que o governo foi dissolvido?
Pensa que eles já esqueceram as reformas fiscais do Pina Moura?

E os beneficios fiscais que tao grande trapalhada eram na sua boca , porque nao os restitui?

Nao conte com coligaçoes enquanto nao se explicar.
E se calhar , senao explica a tempo , nem será necessario pensar nelas.

Por isso que nao quer aparecer sozinho na televisao frente ao PSd/PP , tem medo de os enfrentar.
Mas Socrates acha que o PCP e o BE sao porta voz do PS ou vao fazer campanha por ele?

Carla Afonso
</a>
(mailto:amadoran@sapo.pt)

De Anónimo a 19.01.2005 às 12:09

Célia: Estou disponível para todos os momentos que precisares.Quando quiseres...
Os Madureiras são assim!jorge
(http://jorgebloguer.blogs.sapo.pt)
(mailto:jorge512@sapo.pt)

De Anónimo a 18.01.2005 às 17:38

Momentos.... a vida é feita de pequenos e grandes momentos, bons e menos bons mas sempre momentos... Vim em bisca de bons momentos para esquecer os momentos menos bons. Espero ser bem sucedida! Um abracomissantipatia
(http://www.missantipatia.blogs.sapo.pt)
(mailto:missantipatia@sapo.pt)

De Anónimo a 18.01.2005 às 17:37

Momentos.... a vida é feita de pequenos e grandes momentos, bons e menos bons mas sempre momentos... Vim em bisca de bons momentos para esquecer os momentos menos bons. Espero ser bem sucedida! Um abracomissantipatia
(http://www.missantipatia.blogs.sapo.pt)
(mailto:missantipatia@sapo.pt)

De Anónimo a 18.01.2005 às 17:35

Momentos.... a vida é feita de pequenos e grandes momentos, bons e menos bons mas sempre momentos... Vim em bisca de bons momentos para esquecer os momentos menos bons. Espero ser bem sucedida! Um abracomissantipatia
(http://www.missantipatia.blogs.sapo.pt)
(mailto:missantipatia@sapo.pt)

De Anónimo a 17.01.2005 às 17:13

Ainda bem que não tens nada contra quem fuma , uff, de repente fiquei preocupada! Agora a sério , o vício do tabaco (sim porque eu reconheço que sou viciada) é muito limitativo . Isto porque no meu caso pessoal se ficar muito tempo sem fumar fico ansiosa , nervosa e são sensações que só acalmam quando fumo.Como fumadora respeito os não fumadores da mesma forma que eles respeitam a minha limitação e o meu vício. Por isso na minha opinião (posso estar errada) tudo parte dum respeito mútuo entre as pessoas e não na atribuição de leis impeditivas ao tabaco. Uma beijoca grande meu amigo!Mónica
</a>
(mailto:monicacarvalho1@sapo.pt)

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D