Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Um sujeito está a visitar uma loja de animais de estimação quando vê
>um papagaio sentado num pequeno poleiro.
>
> O papagaio não tem pés nem pernas.
>
>O fulano diz, em voz alta: "O que terá acontecido a este papagaio?"
>
>O papagaio responde:
>
> - "Nasci assim. Sou um papagaio defeituoso.
>
> - " C'um caraças!", diz o homem. "Pareces ter percebido o que eu disse e
> respondido!"
>
> - "Percebi tudinho", diz o papagaio. "Acontece que eu sou um papagaio
>muito
>inteligente e instruído."
>
>-Ah, é?!", pergunta o homem, "Então explica-me como é que te consegues
> segurar
>no poleiro se não tens pés."
>
>Bom," diz o papagaio, "isso é um bocado embaraçoso, mas, já que
>perguntas,
>eu enrolo a minha pilinha no poleiro como se fosse um pequeno
>gancho.
>
> - Não vês porque as penas a tapam."
>
> -Puxa!", diz o homem, "realmente percebes e falas português!!
>
> - " Na verdade eu falo também espanhol e inglês e posso conversar com
>competência acerca de quase qualquer assunto; política,
>religião,desporto física, filosofia. Sou especialmente bom em
>ornitologia. Devias mesmo comprar-me. Eu seria uma companhia bestial."
>
>O sujeito olha para a etiqueta do preço e vê 300 euros.
>
>- Desculpa, mas és simplesmente demasiado caro para mim."
>
>Psssst!", diz o papagaio, "Eu sou defeituoso, portanto a verdade é que
> ninguém me quer; provavelmente podes comprar-me por 30 euros,
>experimenta fazer uma oferta ao dono da loja".
>
>O homem oferece 30 euros e sai da loja com o papagaio.
>
>Passam-se semanas.
>
>O papagaio é sensacional. Tem um grande sentido de humor, é
>interessante, é um
>grande compincha, percebe tudo, é simpático, sensível. O homem está
>extasiado.
>
>Um dia ele chega a casa vindo do trabalho e o papagaio diz-lhe:
>
>-Psssst!" e com uma asa faz-lhe sinal para ele se chegar. "Não sei se
>devia
>contar-te isto ou não, mas é acerca da tua mulher... e do
>carteiro".
>
>- "De que estás a falar?", pergunta o homem.
>
>- "Quando o carteiro veio hoje, a tua mulher cumprimentou-o à porta
>vestida com uma camisa de noite preta e beijou-o apaixonadamente".
>
>- "O QUÊ???", o homem exclama, incrédulo. "E DEPOIS, o que aconteceu?"
>
> - "Bom, o carteiro entrou em casa, levantou-lhe a camisa e começou a
>beliscá-la", disse o papagaio.
>
> - "Meu Deus!", o homem exclama. "E depois o que se seguiu?"
>
> - "Bom, ele tirou-lhe a camisa de noite, pôs-se de joelhos e começou a
>apalpá-la toda, começando nos seios e lentamente começando a descer..."
>
>
> - "BOM???" pergunta o homem desvairado, "E DEPOIS O QUE ACONTECEU??"
>
> - "Isso queria eu saber. Fiquei com tusa e caí do poleiro."

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:15



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D