Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




A BARBÁRIE EM ACÇÃO!!!

por jotaeme, em 31.01.06
f.c.p.jpg


BARBÁRIE OU OS LIMITES DO PERIGO!
NUNCA FUI NEM SEREI PELO USO DA VIOLÊNCIA SEM QUE ANTES USE O BOM SENSO E O PODER DE PERSUAÇÃO QUE EM DOSES IDEAIS RESOLVEM (QUASE) SEMPRE TODOS OS PROBLEMAS DE RELACIONAMENTOS COM OS DITOS SERES INTELIGENTES HUMANOS…
A VIOLÊNCIA DESENCADEIA PROCESSOS IRREVERSÍVEIS DE MÁS CONSEQUÊNCIAS E RESULTADOS FINAIS QUE NÃO SOLUCIONAM AS QUESTÕES QUE A ORIGINARAM!
JÁ SE APERCEBERAM DO QUE EU ESTOU A FALAR, SIM REFIRO-ME Á AQUELA “CENA” MISERÁVEL DE MEIA DÚZIA DE DÉBEIS MENTAIS QUE RESOLVERAM ACHINCALHAREM O TREINADOS DO MEU CLUBE F.C. DO PORTO, ENCENANDO E REALIZANDO UM ESPECTÁCULO DEGRADANTE DO QUAL EU SINTO VERGONHA COMO PORTISTA, APÓS O FINAL DO ÚLTIMO JOGO COM O RIO AVE PARA A LIGA DE FUTEBOL!
EMBORA SE POSSA DIZER QUE O NOSSO TREINADOR NÃO É PRÓPRIAMENTE UMA SIMPATIA EM PESSOA, COM DECISÕES DO FORO TÉCNICO NA CONDUÇÃO DA EQUIPA QUE DESAGRADAM AOS ADEPTOS, TEMOS DE RESPEITAR AS SUAS DECISÕES E AGUARDAR QUE OS DIRIGENTES RESPONSÁVEIS ACTUEM E NÃO O PODER DE RUA OU JUSTIÇA POPULAR FAÇAM AS REGRAS DE COMPORTAMENTO!
ESPERO SINCERAMENTE QUE AS AUTORIDADES POLICIAIS, FAÇAM MESMO UMA INVESTIGAÇÃO A SÉRIO E PUNAM OS AUTORES DE TÃO DEMENTE ACTO DE VIOLÊNCIA GRATUITA QUE NÃO DESCAMBOU PARA NÍVEIS PIORES POR MERO ACASO E AINDA BEM!
VAMOS A TER JUÍZO OK?
o maior fcp.JPG

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:56


Ena que frio! Brrrrrrrr....

por jotaeme, em 28.01.06
dd_frio_extremo.jpg
ATENÇÃO AO FRIO…Brrrrrrrrrr….
Num jornal de hoje reparem nas dicas fornecidas para poder enfrentar esta vaga de frio que por estes dias nos visita!
1A melhor maneira de se agasalhar é vestir várias camadas de roupa.

Obs: COMO SERÁ QUE VÃO REAGIR OS NUDISTAS PRATICANTES?

2As pessoas com saúde mais frágil, idosos e cardíacos devem evitar fazer esforços ao ar livre. Com baixas temperaturas, o exercício físico obriga o coração a maior esforço, podendo levar a ataque cardíaco.

OBS: meu deus eles querem matar os velhinhos e as crianças deste País! Sugerem uma saída clandestina ao exterior! Pode ser que…
•
3Braseiras, lareiras e aquecedores a gás em lugares sem renovação de ar levam à concentração de monóxido de carbono. Este gás mata sem que as vítimas se apercebam do que está a acontecer. Não use fogareiros.

OBS: CONCLUSÃO ÓBVIA: NÃO USEM FOGAREIROS, USEM LAREIRAS E AQUECEDORES A GÁS!

4Se tiver que conduzir, tenha atenção ao piso escorregadio devido ao gelo e à neve. Prefira os transportes públicos.

OBS: PELO MENOS ESCORREGAMOS EM CONJUNTO + OU – 50 PESSOAS DE CADA VEZ!

5Os habitantes de regiões sujeitas a ficar isoladas pela neve devem precaver-se com rádio e lanterna a pilhas, material de primeiros socorros e medicamentos essenciais. É aconselhável uma reserva de água potável, alimentos e botija de gás .

OBS: LÁ ESTÃO ELES A INSINUAR OS AQUECEDORES A GÀS!!! MALANDROS!

* com agências
NOTA FINAL: DIVIRTAM-SE COM O FRIO, ENFRENTEM-NO E NÃO SEJAM MARICAS!
LEMBREM-SE DAQUELES “DESGRAÇADOS NA POLÓNIA, UCRÂNIA ETC, SEM ENERGIA ELÉCTRICA NEM GÁS! (LÁ COMO CÁ A INSINUAÇÃOZITA DO GÁS!) E QUE ESTÃO MUITO PIOR DO QUE NÓS PORTUGUESES!
VIVA O FRIO!

PS: QUALQUER SEMELHANÇA DESTAS OBS. COM A VIDA REAL É PURA COINCIDÊNCIA!


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:48


...

por jotaeme, em 26.01.06
NOVAS IMAGENS DA CATARINA MC NIKKON 23DEZ2005 039.jpg

O dog na Seg.Social.



Esta foto ilustra uma situação muito peculiar e engraçada! Estava eu um dia destes nas instalações da Segurança Social em Matosinhos, quando sem quase se dar por isso este solitário cão se "instalou" perto do balcão de atendimento como se aguardasse pacientemente a sua vez!
Ninguém ligou ao caso mas eu que tinha a minha camera à mão não resisti a tirar o instantâneo!
Pergunta-se: Como é que o cão entrou neste lugar?
Resposta: Porque as portas estavam abertas!
Bonito sem dúvida! "Smart Dog"!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:37


A INSUSTENTÁVEL LEVEZA DO SER...

por jotaeme, em 23.01.06
tn_gabardito_2238_JPG.jpg
A INSUSTENTÁVEL LEVEZA DO SER…
É curioso como muitos de nós acreditam na definição para todo o sempre nas relações humanas, seja no âmbito afectivo ou no sentido do companheirismo e amizade…Aquela frase “assassina” de que foram felizes para sempre, induz muitos de nós acreditar nessa possibilidade!
E quão etéreas são essas ligações e laços que tantas vezes custam a criar…por motivos fúteis, banais, desencontros ocasionais e lá se perdem créditos que guardávamos para outras aplicações mais consistentes…
Eu quero acreditar na 1ª hipótese, mas todos os dias os factos desmentem-me as minhas convicções! E deverá ser assim a maneira mais sensata de encarar estas realidades! Dia a dia as nossas afectividades fazem-se e constroem-se por pequenas e grandes coisas a que não damos a devida atenção e que nos passam mesmo ao lado!
Eu vou estar desperto para estas sensações e cultivar as sementes dos nossos afectos, para colher com substância os frutos usufruindo das coisas reais sem adormecer na frase de que “seremos felizes para sempre”… e sim dia após dia até à eternidade!
tn_campos_de_amapolas_01_JPG.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:03


PRESIDENTES...PRESIDENCIAVEIS!

por jotaeme, em 21.01.06
333742.gif

333744.gif

333745.gif
333746.gif
357917.gif
366696.gif
DIA DE PRESIDENTES…PRESIDENCIÁVEIS!
Confesso que pensei em não ir votar mas depois pensei comigo mesmo:”mais uma vez a omissão ou demissão é sempre pior do que a decisão (boa ou má), por isso amanhã vou acordar bem disposto e pensar um pouco a prazo e tentar antever o que será o meu país daqui por uns tempos e saber que também contribuí para a situação (boa ou menos boa), mas convicto de pior não poder ser…
Nós Portugueses, temos de acabar com a mania de que somos mauzinhos e os outros povos são os bonzinhos…
Votem bem, ou pelo menos vão até lá e deixem o vosso boletim dentro da caixa…



Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:09


UM NOVO DIA...

por jotaeme, em 18.01.06
tnGatos-w076[1].jpg

NOVO DIA…
A um dia sucede-se um outro e assim por diante… La Palisse não diria melhor!
Mas a verdade, verdadinha é que isto é verdade! E se não fosse verdade, verdadinha, eu não vos estava aqui a anunciar esta verdade, insofismável, inquestionável, enfim…
Se este dia não começou da melhor maneira para vós caros amigos, então lembrem-se de que amanhã será um novo dia e blá, blá, blá…
O quê? Ainda não me chamaram maluco ou nomes feios, não sorriram ao menos um bocadinho?
Bolas, vou-me embora, amanhã será um novo dia e blá, blá, blᅅ.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:43


...

por jotaeme, em 15.01.06
Diapositivo1.JPG

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:16


AMO-TE. GOSTO DE TI!

por jotaeme, em 14.01.06
Garfiel-FCP_105.jpg
AMO-TE, GOSTO DE TI!


Olhamos olhos nos olhos, falamos de boca aberta, então porque a íris não reage, abrindo diafragmas e reflectem apenas sombras difusas, impossíveis de decifrar? porque não ouvimos o eco das nossas palavras que se perdem no espaço sem possibilidades de retorno? Que medos existem que nos impedem de sorrir de completar o círculo da paixão e que nos fazem tão bem!
Porque é tão difícil dizer apenas: AMO-TE! GOSTO DE TI!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:01


EM BUSCA DO SUBSÍDIO PERDIDO...

por jotaeme, em 10.01.06

thumbslixo cmporto.jpg
Tenta "segurar" a casa pelos dois filhos
Foi trabalhar à noite por causa de um prémio que, há mais de três meses, deixou de receber. Cem euros a menos ao fim do mês "é muito dinheiro para quem ganha pouco" e a família de Hélio Silva, 31 anos, cantoneiro, já sentiu isso no Natal. "Menos prendas para os crescidos porque os pequenos não têm culpa". Há sete anos que vive "ao contrário da maioria", raramente acompanhando o sono dos seus dois filhos, que ficam, enquanto trabalha, entre as 20.30 e as três horas, com os avós paternos. De dia, o descanso é curto. Beatriz, de oito anos, e Marcelo, de seis, com dificuldades na fala, têm prioridade nos seus compromissos de homem que assume o papel de pai e mãe, após o divórcio. Tem, actualmente, como salário base, 523 euros, verba insuficiente perante as despesas. O pagamento do empréstimo pela casa, no Covelo, é o que mais o preocupa. "Não quero perder o apartamento. Vou tentar segurá-lo perante o banco pelos meus filhos. Mas o dinheiro encolheu e a prestação de 350 euros tornou-se maior", diz a família, também com limitações, que lhe vai valendo. "Mas há coisas que tenho de pagar regularmente. A luz, a água, o condomínio. E ainda por cima pedem-me, agora, que participe no arranjo do elevador do prédio. Terei de falar com os meus vizinhos. Tenho de dizer-lhes que não posso pagar agora. É uma vergonha, mas..." Hélio Silva tornou-se funcionário municipal há oito anos. Foi escolhido num concurso e começou por varrer ruas. "É um início de vida de que me orgulho. Fui lixeiro, sim senhor. Sabia bem passar por uma rua limpa por mim. Andar de vassoura na mão é tão digno como botar discursos". Depois, passou para recolha de lixo. Está hoje na recolha selectiva, um "trabalho cansativo e perigoso". "Ainda há dias, um colega picou-se numa seringa. Felizmente, não apanhou nada". Hélio afirma que "a política lhe faz arrepios", mas admite que a sua vida depende, "e muito", dos políticos. "Ainda acredito que o doutor Rui Rio vai pôr a mão na consciência e ceder".
PALAVRA DE HONRA QUE SINTO ÁS VEZES UMA REVOLTA TÃO GRANDE QUE CERTOS SNRS. QUE CONSEGUEM DESENCANTAR UM CASO DESTES DEVIAM IR PARA O TRONCO!
ENTÃO SÓ PASSADOS QUASE 20 ANOS É QUE REPARARAM QUE O SUBSÍDIO DE TURNO ERA ILEGAL? JÁ ANALISARAM BEM AS CONSEQUÊNCIAS DESTA VOSSA DECISÃO? E JÁ AGORA PARA QUANDO UMA RESPOSTA DEFINITIVA AOS TRABALHADORES DA C:M: DO PORTO?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:37


PROSTITUIÇÃO...

por jotaeme, em 10.01.06
PROSTITUIÇÃO: HAVERÁ SOLUÇÕES PARA ESTE FLAGELO?
TRANSCRICÇÃO DE UM ARTIGO SOBRE ESTE TEMA CANDENTE E PARA ABRIR Á DISCUSSÃO DE TODOS OS BLOGGERS…
Prostituição: problema ou solução?
“Conheci Sylvie, uma linda jovem de 20 anos, na Universidade em que estudo. Simpática, estudiosa, inteligente e... pobre! Vinda do interior da França, deparou-se com a "Selva de Pedra" que é Paris e muitas vezes perguntou-se como faria para pagar os estudos e sobreviver em um lugar onde a solidariedade passa longe. Um dia, conversando comigo declarou: "Repudiei a ideia de prostituir-me quando Betty (outra estudante), ao ver minhas dificuldades, relatou o que fazia dizendo-me que se eu quisesse poderia também... dias depois, eu estava sentada em um bar em 'Saint Germain des Prés', um homem muito gentil pediu-me permissão para acompanhar-me no drink, assenti e, após uma clássica e envolvente conversa, ofereceu-me 450 euros para fazermos amor. Imediatamente, disse não, ele se desculpou levantando-se para partir, então, pensei em minhas dívidas, em Betty, chamei-o e aceitei... hoje tenho cinco amantes fixos, os quais vejo uma ou duas vezes ao mês, sustento-me muito bem assim, não é nada de anormal, só não tenho coragem de ter um namorado porque sentiria-me enganando-o e isso não é certo...".
Diante desse depoimento fiquei pensativa, não assustada, pois sabemos que existem coisas piores. Todavia, não soube como reagir. Demonstrei naturalidade, continuamos amigas e interessei-me pelo assunto. Dizem que a mais velha profissão do mundo terá vida eterna, no entanto é severamente perseguida. A Europa se encontra em pleno verão e o número de prostitutas aumenta, sobretudo nos lugares turísticos, como Paris, Nice, Cap. Ferret, etc.
Em Nice, as prostitutas são, em sua maioria, oriundas dos países do Leste europeu, como a Rússia. Com idade entre 25 e 30 anos, "fazem ponto" ao longo da "Promenade des Anglais", principalmente em frente ao hotel "Negresco", o mais famoso da cidade por hospedar pessoas ilustres e ricas.
Em Paris, temos, entre outros, o famoso "Bois de Boulogne", onde elas disputam a clientela com os homossexuais, e "Saint Germain des Prés", local de jovens estudantes e intelectuais. Aí, encontramos, além de estrangeiras, um número considerável de estudantes como Sylvie. Elas ganham entre 200 e 500 euros por parceiro e, segundo elas, não se desgastam muito pensando em dinheiro, pois o aluguer de um apartamento de duas peças está em torno de 300 euros por mês, assim, podem estudar despreocupadas e ainda divertem-se nos finais de semana.
Aparentemente, tudo vai bem. Desse ponto de vista a prostituição é uma solução, mas a sociedade ainda não vê a profissão com tanta naturalidade assim. Na verdade, muitos não a consideram como tal. Na França, não é proibida, mas também não é legal, e o proxenetismo é considerado infracção. Nos Países Baixos, a lei de 28/10/99, que vigora desde 01/10/00, dá autonomia ao Conselho Municipal para fixar condições relativas ao exercício da prostituição e abole a condenação ao proxenetismo desde que a prostituição seja voluntária. A Espanha, desde 1995, não sanciona o proxenetismo de maneira geral. A Suécia proíbe os serviços sexuais em todas as circunstâncias: o cliente é multado e pode pegar até seis meses de prisão (segundo lei de 01/01/99). Do ponto de vista jurídico, somente a Bélgica as tem como trabalhadoras independentes, e com excepção dos Países-Baixos, a ausência de reconhecimento jurídico as impede de dispor de uma cobertura social completa, obrigando-as a fazerem um plano de saúde particular. No entanto, normalmente, elas pagam impostos, pois isso independente da legalização da atividade.
Tenho visto que elas vivem de maneira equilibrada, mas, mesmo Sylvie admite a falta de coragem de ter uma relação de verdade, demonstrando, assim, que elas não estão tranquilas em todos os sentidos; além disso, apesar das precauções, o risco de doenças as inquietam um pouco. Também escondem o "métier", apesar de muitas afirmarem ser um trabalho como outro qualquer.
A questão das adolescentes nesse mercado, cujo número vem aumentando, preocupa os europeus. A pena é mais pesada quando se trata de menores de 16 anos. Alguns afirmam que o fato de ainda existirem prostitutas adolescentes estimula a pedofilia, que tem sido motivo de grande inquietação nos últimos tempos.
Há um certo apoio à essas mulheres, que muitas vezes são chamadas "vítimas" (o que indica a não aceitação da profissão). Existem associações que se ocupam disso, além de várias entidades que ajudam em casos difíceis, como violências e agressões físicas ou morais. Entretanto, elas continuam a ser acusadas de atentado ao pudor, causadoras de desordem, destruidoras de lares, etc.
Apoiadas ou compreendidas por uns, apedrejadas ou desprezadas por outros, elas suscitam-me a vontade de saber se existe uma sociedade em que isso é, ou pode ser resolvido. Qual o tipo de política capaz de exterminar o problema? Se não há um problema, mas se é a solução para as jovens pobres, onde elas poderão se encaixar jurídica e socialmente para serem aceitas? A questão continuará a atravessar séculos sem resposta plausível, mesmo em épocas e países desenvolvidos? Porque o ser humano é tão incapaz diante de fatos tão corriqueiros? Quais as propostas políticas concretas para esses tipos de "desvios" sociais? Onde e quando teremos uma economia adequada, eficiente, (e porque não perfeita?) para resolvermos a crise que uns dizem estar na Europa, outros nas Américas, outros, ainda, no mundo inteiro? Se procurarmos as respostas, isso já será um começo; se começarmos, convém que almejemos um fim...”
COMO ESTE, HAVERIA MILHÕES DE EXEMPLOS PARA SE ANALISAR E DISCUTIR E AINDA PORQUE SENDO A PROTISTUIÇÃO UMA REALIDADE INSOFISMÁVEL E CAMULFLADA POR UMA HIPOCRISIA QUE REINA HÁ SÉCULOS E SÉCULOS, POR TODO O MUNDO, PORQUE NÃO ASSUMIR DE VEZ QUE EXISTE E PODE SER MAIS UM NEGÓCIO, COM A CORRESPONDENTE ENTRADA DE IMPOSTOS PARA OS GOVERNOS QUE TANTO SE QUEIXAM DE FALTA DE RECEITAS?
DÓI, NÃO DÓI, FALAR DESTE TEMA, MAS A MIM MAGOA-ME E INCOMODA-ME TAMBÉM AQUELES QUE A USAM E SUSTENTAM E DORMEM DESCANSADOS COM AS SUAS ESPOSAS E DANDO UM AR BEATO PARA OS OUTROS, ASSOBIAM PARA O AR ATÉ O PROBLEMA UM DIA LHES BATER Á PORTA!
PS:COMO É BOM DE VER ESTE É UM PROBLEMA FEMININO E MASCULINO!


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:12

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D