Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




HISTÓRIA DOS DOIS VALENTES...

por jotaeme, em 30.08.05
HISTÓRIA DOS DOIS VALENTES DE SEUS NOMES NUNO...
Já se resolveu este grande imbróglio da temporada de futebol, mas eu como "dragão "dos 4 costados, não quero deixar passar em branco sem apôr a minha opinião (douta, por acaso),visto que os da "oposição" deram um retrato lamurioso e 3º mundista sobre um caso que apenas se baseia numa relação de trabalho garantida por regras de bom senso e gestão de recursos humanos...
Ou será que já se esqueceram do que se passou com este atleta de alta competição na época passada? 6 meses de paragem efectiva por lesão GRAVE SOFRIDA AO SERVIÇO DA SELECÇÃO NACIONAL, perdão, SELECÇÃO DO SCOLARI TEIMOSO, e nem uma palavra a abater para com o clube que pagava ao atleta NUNO VALENTE!
Então o outro NUNO que de burro não tem nada, ESTE ANO PRECAVEU-SE E LANÇOU E DESAFIO AO ATLETA NO SENTIDO DE SE DEDICAR EM EXCLUSIVO AO CLUBE QUE LHE PAGA(PENSO EU) TODOS OS MÊSES DO ANO!
Claro que do outro lado o SCOLARI TEIMOSO, VIU MAIS UMA OPORTUNIDADE DE ABORRECER O OUTRO NUNO(Jorge) e vai daí pensou lá para com ele:Até de muletas eu ponho a jogar o outro NUNO( o valente) e assim me alegro durante mais uns tempos e aqueles presunçosos lá do Norte não me chateiam mais com o VÍCTOR BAÍA, (COMO É QUE UM DIA EU VOU EXPLICAR PORQUE É QUE NÃO O CONVOQUEI?), Ee eu posso continuar o meu trabalho com estes pândegos dos "portugas", que tudo aceitam, vindo lá dos lados do sertão (eh,eh.eh).
COMO DISSE NO INÍCIO, TUDO SE RESOLVEU HÁ DIAS E O NUNO(o valente) FOI PARA INGLATERRA (EVERTON) e eu como adepto confesso do futebol, desejo-lhe muitas felicidades e bons desempenhos,mas também me atrvo a dar-lhe um conselho:Tenha muito cuidado com o SCOLARI TEIMOSO, porque ele agora, vai ficar mais distraído consigo...
QUANTO AO NUNO(o jorge) digo-lhe desta vez: DÁ CÁ MAIS CINCO!
Uma palavra final aos escribas de Lisboa:Vão pentear macacos para o sertão...BRASILEIRO DE PREFERÊNCIA!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:26


AMORES DE VERÃO .parte 2

por jotaeme, em 26.08.05
Dias depois num fim de tarde ele foi ao encontro do desconhecido e dentro dos sinais que tinha recebido conseguiu por fim vê-la. Na troca de olhares naquele café com ambiente difuso e rodeada de alguns amigos (as), ele esperou que ela desse um sinal que fosse de reconhecimento da sua pessoa. Após alguns olhares cúmplices, ele ganhou coragem e foi ter à mesa e apresentando-se aos restantes integrou-se no grupo as conversas fluíram…Na despedida combinaram encontrar-se fora de ali nos próximos dias. Quando regressou a casa vinha eufórico por ter conseguido localizá-la e poder assim continuar a sua descoberta! Com o seu contacto combinaram encontrarem-se num café perto da praia num sábado já em Setembro. Ela vinha vestida com uma longa túnica branca e uma espécie de tiara na cabeça e que pela sua aparência suscitava nas pessoas que os rodeavam olhares curiosos…Ele pegou nela e foram dali para o seu carro e estacionaram junto à praia e começaram a sua descoberta entre palavras e gestos de grande excitação e o tempo “voou” Ficou a saber que ela iria mudar-se para ali perto em breve e ficaria assim muito mais fácil a partilha de momentos que tudo poderiam trazer, os seus familiares estavam dispersos e ressentia-se muito dessa situação e o seu companheiro não facilitava as coisas no sentido da reconciliação que ela desejava. Ele viu que seria melhor refrear os seus desejos e que faria os possíveis por a ajudar a tomar as decisões mais consensuais e ele próprio não prejudicar a sua família. O resto o futuro o diria…
Depois de várias cumplicidades por todo o mês de Setembro, a hora das decisões chegou. Ela acabou por decidir que ia para os Açores (tinha lá família) e ele sensatamente retomou o caminho acertado, fazendo o reajuste de alguns pontos na sua vida familiar que estavam pelos vistos mais frágeis… Ambos decidiram que o melhor seria assim e não iriam afectar mais ninguém! Separaram-se como Amigos e alguma amargura nas suas mentes…Nunca mais se encontraram!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:52


AMORES DE VERÃO

por jotaeme, em 23.08.05
AMORES DE VERÃO…
Dizem os entendidos que no Verão aparecem amores e desamores que marcam muitas das vezes aqueles que porventura por eles passem…
A história que aqui relato é verídica e aconteceu em 1986.
Numa ida à praia com a filha pequena de 13 anos quando se instalou na areia no meio de outros banhistas naquela manhã de domingo, não lhe passava pela mente a quão preenchida seria! Já em pleno uso daquele sol quente, deitado na sua toalha, viu-a chegar do banho com a água gotejante, escorrendo pelo seu corpo e para sua surpresa, deitou-se mesmo perto de si numa toalha que já lá estava e na qual não tinha reparado e acompanhada por um pequeno “caniche”
Passados breves momentos retira a parte de cima do bikini e ali começa a gozar as delícias do sol…
Ele pega na sua miúda e vai dar um passeio junto à água e dar uns mergulhos. Quando volta para junto das toalhas a jovem continua deitada quase indiferente aos olhares dos passantes que repetidamente a mediam de alto a baixo…
Não demorou muito tempo que filha começasse a brincar com o pequeno cão e o pai foi trocando algumas palavras de circunstância com a jovem que agora já seca voltou a colocar o top do bikini no sei “devido” lugar.
A “química” foi tal que passados momentos conversavam como se velhos amigos se tratassem!
Ela contou que morava e trabalhava ali perto de Leça, sozinha, e estava num processo de resolução sentimental complicado com a sua família e companheiro.
Ele ouviu-a pacientemente e foi dizendo também morava ali perto, tinha aquela filha e que era natural que se encontrassem mais vezes por ali.
Chegada a hora do almoço, ele foi embora com a filha (ela tinha dito que ficava na praia ao meio da tarde) e pensando nas razões daquela atracção que sentira pela jovem da praia…
Tinha de descobrir mais detalhes sobre ela e onde ela morava para atenuar todo aquele desassossego, para mais quando nada tinha sido premeditado, fruto apenas do acaso! Haveria de pensar num modo de o levar a efeito…
(continua)


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:54


INCÈNDIOS... Vergonha Nacional!

por jotaeme, em 09.08.05
Incendios a.JPG
VERGONHA OU TRAGÉDIA “GREGA” Á PORTUGUESA!
NESTE TEMPO ESTIVAL A TENDÊNCIA É DESLIGAR AS MC.S E DEIXAR O TEMPO FLUIR DEVAGAR SEM ÂNSIAS NEM PRESSAS.
MAS MUITAS VEZES ESQUECEMO-NOS DE QUE O DITO MUNDO GLOBAL CONTINUA A SUA MARCHA INEXORÁVEL, PORQUE SE ESTAMOS DE FÉRIAS NOUTRAS PARTES E TERRAS A VIDA QUOTIDIANA MARCHA ÁS ORDENS DE OUTRAS PRIORIDADES QUE QUANDO DELAS TOMAMOS CONHECIMENTO, NOS DÁ VONTADE DE RIR OU CHORAR CONFORME AS CIRCUNSTÂNCIAS.
CÁ NO NOSSO CANTINHO PORTUGUÊS POR ESTAS ALTURAS DE CALÔRES, APARECE SEMPRE O ESPECTÁCULO TRISTE, TRÁGICO E IMCOMPREENSÍVEL DOS FOGOS E INCÊNDIOS NAS MATAS, FLORESTAS E TERRAS DO NOSSO POBRE PAÍS, COMO SE DE UMA FATALIDADE SE TRATASSE E SEMPRE COM OS MESMOS CAMBIANTES E “ARTISTAS” (INCENDIÁRIOS MALUCOS, AVIÕES, HELICÓPTEROS ETC.), QUE NUMA REPETIÇÃO ANUAL (ATÉ JÁ LHE CHAMAM “ÉPOCA DE FOGOS), DÁ VONTADE DE RIR E CHORAR AO MESMO TEMPO!
1ª FASE: MAIO- OS GOVERNANTES VÊM COM A SOLENIDADE NO ROSTO INFORMAR OS RESPEITÁVEIS CIDADÃOS DESTE PAÍS DOS MEIOS QUE DISPÕEM PARA QUE DESTA VEZ NÃO SE REPITA A INOPERÂNCIA DO ANO ANTERIOR
2ªFASE: OS INCENDIÁRIOS MALUCOS APROVEITAM ESTE TIRO DE PARTIDA E HÁ QUE DAR QUE FAZER AOS DITOS MEIOS DE COMBATE AOS INCÊNDIOS!
3ªFASE:LÁ COMEÇA A INSANA LUTA DOS BOMBEIROS COM O ADVERSÁRIO QUE USA TODOS OS MEIOS SUJOS E TRUQUES QUE DISPÕEM, PARA QUE OS SOLDADOS DA PAZ NUNCA MAIS TENHAM SOSSEGO DIA E NOITE! E OS DITOS MEIOS DE COMBATE ÁS CHAMAS LÁ COMEÇAM O SEU FESTIVAL AÉREO, PAGO Á HORA COMO CONVÉM E COM UMA INOPERÂNCIA QUE AFLIGE O MAIS DISTRAÍDO DOS CIDADÃOS OU ASSISTENTES EM DIRECTO DESTAS AUTÊNTICAS LUTAS EM CHAMAS!
4ªFASE:COMEÇAM AS VISÕES AFLITIVAS DAS PESSOAS EM PERIGO QUE PERANTE TODA ESTA LUTA DESIGUAL, CONFRANGE QUEM VÊ O ESPECTÁCULO BEM LONGE DOS LOCAIS ONDE ELAS ACONTECEM, OU ATRAVÉS DAS CÂMARAS DOS “MÉDIA” QUE TUDO TRANSMITEM NUM APROVEITAMENTO ATÉ Á EXAUSTÃO DE TODOS OS PORMENORES DESTAS BATALHAS, AO MESMO TEMPO QUE NOS QUESTIONAMOS, PORQUE NADA FAZEM PARA DEFENDER E PROTEGER O QUE É SEU, DURANTE OS RESTANTES MÊSES DO ANO!
5ªFASE:LÁ VÊM OS RESPONSÁVEIS DESTE PAÍS COM AR CONSTERNADO FALAR Á NAÇÃO DAS PERDAS IRREPARÁVEIS QUE ACONTECERAM, PROMETENDO PELA ENÉSIMA VEZ DE QUE PARA O PRÓXIMO ANO É QUE VAI SER, VAI-SE ADQUIRIR MAIS EQUIPAMENTOS PARA DE UMA VEZ POR TODAS NADA FALHAR NO COMBATE ÁS CHAMAS”ATIÇADAS” A PRECEITO!
6ª E ÚLTIMA FASE: COMEÇAM A CAIR AS PRIMEIRAS CHUVAS, O PAÍS ESTÁ MEIO QUEIMADO, A MÃE NATUREZA LÁ SE ENCARREGA DE REPÔR O EQUILÍBRIO E TODOS OS INTERVENIENTES ARRUMAM OS CENÁRIOS ATÉ AO PRÓXIMO ESPECTÁCULO, OU SEJA ATÉ AO ANO QUE VEM E TUDO FICA NA MESMA, COM MATAS E FLORESTAS POR LIMPAR E ORDENAR, INCENDIÁRIOS CÁ FORA A CONGEMINAR NAS SUAS LOUCURAS FLAMEJANTES, OS DONOS DAS TERRAS CONTINUAM A OLHAR PARA O LADO E NÃO MEXEM UMA PALHA PARA CUIDAR DO QUE É SEU AS AUTORIDADES VOLTAM AOS QUARTEIS E PARA OUTRAS LUTAS, OS AVIÕES E HELICÓPTEROS, VOAM PARA OUTRAS PARAGENS MAIS “QUENTES” E COM A CONVICÇÃO DE QUE PARA O ANO CÁ ESTARÃO DE NOVO A REGAR AS NOSSAS MATAS E FLORESTAS, PAGAS Á HORA… COMO ELES TANTO GOSTAM!
EU NEM SEI SE SINTO VONTADE DE RIR OU CHORAR!
QUE RAIVA!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:31


FEARS... MEDOS...ALEGRIAS!

por jotaeme, em 02.08.05
“FEARS”, Medos… e Alegrias!
Num País que precisa como de pão para a boca de sorrir e ter uma atitude positiva, os tempos actuais não estão de feição para isso…
Os Portugueses na sua grande maioria, comportam-se com atitudes de extremos e têm muita dificuldade de lidar com uma posição mais equilibrada do meio-termo.
Assim se justifica aquela “patriótica” demonstração do Euro2004, através das bandeiras nacionais em todos os lugares possíveis e imaginários, suscitada pelo “valoroso” seleccionador Scolari! Venderam-se milhares para não dizer milhões de exemplares!
Com a aplicação das novas regras do código automóvel é obrigatório o uso do colete reflector aquando de uma paragem ou avaria imprevista na berma da estrada! Passou a mensagem inicial de que o dito colete já tinha de vir no dorso quando o condutor saísse do veículo o que como se sabe não correspondia à verdade. No entanto o que é que aconteceu? Os nossos condutores desataram a “vestir” o banco dianteiro com o dito colete e que por arrasto foi um ver se te avias em milhares e milhares de automóveis, num espectáculo de conteúdo altamente “pimba” e parolo!
Entre tantos exemplos um dos últimos é o dos desperdícios de água por todo o País (como se não soubéssemos há muito tempo das vergonhas que se passam com a competência dos nossos serviços municipalizados, para reparar essas anomalias!) e o apelo que a comunicação social faz e dá ênfase e é um rol inesgotável de queixas e queixinhas que todos se apressam a fazer e enviar com suporte fotográfico e digital!
Todos estes indicadores demonstram como funcionamos (só de empurrão, ou melhor de arrastão!) e passamos uma imagem de gente sem capacidade de iniciativa e actuação diária, não exercendo convenientemente a nossa cidadania e deixando quase sempre para os outros os deveres e obrigações que se fossem repartidos com equilíbrio outro Portugal seria com reflexos mais positivos no nosso dia a dia!
E para rematar, as nossas expectativas estão muito em baixo, as sondagens de opinião dão relevo a esses sentimentos e encarregam-se de o confirmar, como se fosse uma fatalidade e não se vislumbra uma luzinha que seja a dar um pouco de ânimo ás nossas gentes…
Será que a proximidade das eleições autárquicas terá a ver algo com este estado de alma?
Valha-nos ao menos o futebol está aí a começar e pelo menos uma coisa boa parece acontecer: O meu F.C.P. tem uma atitude nova e para bem melhor, em termos de competência e desempenho! Haja Deus!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:04


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D