Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




SENSAÇÕES...

por jotaeme, em 31.01.05
Imag0029.jpgSENSAÇÕES…
Quando se está a passar algo ou prestes a acontecer, é impressionante como o nosso sexto sentido o adivinha e nos alerta! A semana passada dei falta dos posts da nossa Mónica e pensei em algo nada bom. A nossa presença e contactos assíduos criam estas cumplicidades que ao menor desequilíbrio de tornam notadas e nos fazem entra em estado de alerta e prontidão como agora se diz em linguagem militar…
As vozes que se calam inquietam-me e eu penso cá para os meus botões, que mal tem esta vida tão competitiva que a cada dia que passa aumenta a sua pressão e nos obriga a uma mudança constante de modos e maneiras nos nossos pequenos prazeres e companhias. Por isso aqui faço de viva voz um apelo a todos os companheiros (as) que nunca DESISTAM mesmo que os obstáculos sejam complicados de ultrapassar.
Ao mesmo tempo alegro-me com os novos que aparecem nestes espaços e vão assim alargando os nossos limites e completam o espírito solidário que preside aos nossos pensamentos e ideias escritas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:49


OS 100 ANOS DE UM JOVEM...

por jotaeme, em 26.01.05
Diapositivo12.JPG

Diapositivo1.JPG

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:38


O CIRCO ESTÁ A CHEGAR!

por jotaeme, em 24.01.05
O CIRCO ESTÁ A CHEGAR…
Esta nobre e difícil arte sempre exerceu sobre mim um certo fascínio que está intimamente ligado ao nível de perigosidade e ao grau de exigência que os artistas necessitam para um bom ou excelente desempenho e sem lhes colocar a vida em perigo. E quando as falhas acontecem, trazem consigo consequências muito sérias de que custa muito a recuperar e não poucas vezes acabam mesmo de vez.
E por analogia quando vejo e ouço todos os artistas das companhias de circo PSD. PS etc., etc., fico estarrecido e impressionado com o vigor demonstrado pelos artistas, as cambalhotas que dão e os números tidos como novos e nós a vermos que já estão tão repetidos, que já estou a visionar umas quedas bem dadas, que muito certamente alguns deles vão parar ao “hospital” e outros não vão recuperar dessas mazelas e se calhar lá terão que se dedicar a outras “artes”, por exemplo TRABALHAR, “vergar a mola”, ou então irem para a fila, dos centros de Emprego, para requererem o respectivo subsídio…
Não tenhamos ilusões… neste momento vão prometer tudo e mais alguma coisa, para garantirem a sua vidinha por mais 4 anos e depois a culpa é da recessão e dos malfadados “chineses que tudo fazem e copiam ao preço da “uva mijona”, sem ofensa para as ditas uvas que algumas as há e muito boas.
Por isso é que me veio à lembrança o mundo do circo, em que só sobrevivem os melhores artistas, contorcionistas e malabaristas, desde que não lhes sobrevenham quedas falsas e abruptas.
Não falo dos palhaços porque esses eu estimo muito, fazem rir a bandeiras despregadas e muitas vezes choram nos bastidores fazendo um esforço descomunal para que os outros não sejam afectados pelas suas tristezas e angústias…
Por estas e por outras o meu respeito e admiração!
E como “THE SHOW MUST GO ON” bem, eu no próximo dia 20 de Fevereiro lá estarei para aplaudir os verdadeiros artistas e espero que a generalidade dos Portugueses. Sem dúvida…

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:46


REFLEXÕES...

por jotaeme, em 20.01.05
Diapositivo22221.JPG
REFLEXÕES…
Todos nós somos dados a reflectir sobre tudo o que nos rodeia, mal seria se fosse o contrário e se umas vezes nos damos a pensar na intelectualidade, preocupados com temas do nosso País ou do mundo na sua globalidade, outras vezes restringimos a nossa área aos nossos vizinhos ou amigos que nos são próximos, que por isso mesmo nos merecem a máxima atenção!
Mas eu no meu “post” de hoje, queria falar num âmbito mais alargado, fruto de uma vivência mais virada para os outros do que para Nós próprios… Tenho trabalho, Amigos, e uma situação familiar equilibrada (embora com muita luta), e considero-me senão um felizardo, e, pelo menos, tenho liberdade mental para poder usar todas as armas que uma pessoa pode usar para o combate diário num plano de igualdade e fazer frente ás adversidades (e como eu gosto dessas lutas!) que se nos deparam e assim olhar para os outros com mais disponibilidade. O ponto que quero trazer desta vez aqui à estampa é o do Desemprego, verdadeira chaga de um País que não sabe ou não pode lidar com ele! Penso que devemos todos reflectir sobre este Tema, e induzir os nossos políticos a medidas mais verdadeiras para ajudarem os Portugueses, em especial os que querem trabalhar. Para os malandros, temos que os premiar “devidamente”. Pessoas sem trabalho não podem ter dignidade nem poder de controlar as suas próprias Vidas e dos que estão sob a sua responsabilidade! Uma indignidade! Em especial nas empresas que procuram nas deslocalizações, apenas o lucro fácil e mandam ás malvas os direitos e anseios de quem lhes deu muito dinheiro a ganhar, em tempos mais favoráveis!
Agora nas próximas eleições, têm companheiros, de avivar bem a memória daqueles que muito prometem e nada cumprem. Para isso temos o nosso voto, não o desperdicemos!
Se somos solidários com os de outros países (e muito bem), porque não termos mais atenção com os nossos conterrâneos? Por isso façamos bom uso das nossas armas na selecção dos próximos responsáveis pelo nosso País e nosso PORTUGAL, não podemos esmorecer, custe o que custar! Gostaria de falar de coisas mais alegres e ligeiras, mas que diabo, não podemos dar o flanco, pelo menos em favor das novas gerações. Devemos-lhes isso…

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:16


MOMENTOS...

por jotaeme, em 15.01.05
Diapositivo10000.JPG

Momentos…
Não, não vos vou falar sobre o Pedro Abrunhosa, artista da nossa praça que admiro, mas sim de uma miscelânea de acontecimentos de que me dá ganas falar e partilhar convosco.
Nós portugueses têm a tendência para a originalidade, em termos comparativos com outros povos. Vejamos o exemplo da anunciada lei contra o tabagismo com as restrições mais que necessárias para que, os não fumadores (no grupo do qual eu me incluo) não sejam afectados por esse hábito que tão pernicioso é para a saúde de todos. Países como os E.U.A., Irlanda, Itália, já puseram em prática leis semelhantes e que me conste, não morreu ninguém por isso! Tiveram sim que se adaptar ás novas circunstâncias e limites previstos por essas leis. Tão só! Aqui no nosso Portugal começam os nossos legisladores a trabalhar e bem na nossa nova lei e eis que a meio do caminho, o que previa proibição absoluta em locais como restaurantes, cafés, bares, nos locais de trabalho, começam estes feitores das leis a “inventar”, e colocam uma emenda, deixando ao livre arbítrio dos donos desses locais o uso ou não do fumo dos cigarros! Quer dizer, ninguém vai cumprir este objectivo que era salvaguardar os que não fumam mas gostam de ir a bares, restaurantes, cafés, tal como eu por exemplo, e que já não têm conta as vezes que me vejo obrigado a sair desses locais por se tornar insuportável lá estar nessas condições! Os governantes portugueses estão a assim a perder uma oportunidade única de criar condições mais saudáveis para todos nós, só por causa dos interesses corporativos e financeiros. Nos locais de trabalho dou um exemplo elucidativo na empresa onde trabalho. Da área têxtil, por condições de segurança é proibido fumar em toda a área produtiva e o que é que a empresa fez para evitar os que fumavam ás escondidas: Criou salas de fumo, estanques, para aqueles que não suportavam estar sem fumar durante o período de trabalho. A mim continua a parecer-me uma panaceia, mas pelo menos não fumam ás escondidas, nem põem em perigo a saúde dos outros.
Termino, dizendo desde já que não tenho nada contra quem fuma (certo Mónica?), isso é lá com eles. Nunca deveremos deixar que os nossos hábitos e costumes afectem os outros ok? Este princípio está intimamente ligado ás bases em que se fundamenta a democracia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:20


...

por jotaeme, em 11.01.05
Diapositivo123.JPG

Diapositivo1234.JPG

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:30


VIRTUALIDADES NO MUNDO REAL...

por jotaeme, em 10.01.05
Virtualidades no Mundo Real…
Todos nós sabemos o quanto é penoso e angustiante, quando nos “medem” ou apreciam, pela nossa aparência exterior e não nos dão muitas vezes a oportunidade de revelar outros pormenores e pontos de vista que valorizam e rectificam muitos juízos de valor precipitadamente feitos. A vida ensinou-me com a madureza de pelo menos dar o benefício da dúvida…, sem esquecer que a primeira impressão é e será a mais decisiva para relacionamentos mais consistentes e duradouros.
Todos estes considerandos vêem a propósito do mundo “virtual” que é este da Net e dos contactos mais ou menos prolongados que mantemos e dos laços que entretanto se vão entretecendo e que muitas vezes levam e conduzem a bons relacionamentos. Para contrariar estes receios das más avaliações iniciais, todos temos o instinto da auto defesa e o mundo virtual é o ideal para nos sentirmos mais protegidos, permitindo-nos no nosso imaginário, conviver em plano de igualdade, sem barreiras e que para muitos já é satisfação suficiente para se sentirem reconhecidos e apreciados.
Mas o mundo real continua o seu desempenho, com as suas contradições e hábitos, muitas vezes desumanizados e na primeira oportunidade, pode acontecer a decepção por imagens criadas, e aí lá começam as angústias, a revolta com tudo e todos e aqueles/os) menos avisados, passam por situações do foro de auto-estima e psicológico, muito complicados. É neste ponto caros companheiros, que eu me permito, “ alertar” todos vós para que assumam esta condição virtual, pertinho sempre da condição real, fazendo o jogo da verdade, não criar castelos na areia, nem dando largas desenfreadas à nossa imaginação, que tantas vezes nos tenta e algumas vezes consegue, levar-nos para situações de alguma complexidade.
Pensemos todos nisto…sem ressentimentos! O nosso mundo dos blogers assim o exige, para que haja ainda mais valor nos trabalhos que desenvolvemos, que apesar da sua singeleza e muita categoria está a conseguir inquietar muita gente pretensamente da área da comunicação social, como se de uma intromissão se tratasse e que se sentem incomodados com o nosso trabalho de pensamento que a Democracia possibilita sem limites, mas com responsabilidade!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:24

Diapositivo1.JPG

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:30

-Tsumani-rosa branca.jpg

A MINHA CONTRIBUIÇÃO PARA O UNIVERSO DOS BLOGERS...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:09


BALANÇOS E CONTRABALANÇOS... DE 2004.

por jotaeme, em 01.01.05

BALANÇOS E CONTRABALANÇOS DE 2004…
Este ano que acabou ontem (ufa!), como todos os outros da minha vida, deixam sempre sinais e marcas, que perduram connosco, como se diz agora na gíria, para memória futura (cruzes, cruzes, canhoto!), mas que nos fazem pensar e reflectir sobre o nosso desempenho, se poderia ser ainda melhor e o que temos que redireccionar em conformidade com os meus objectivos. Passemos aos itens mais importantes para mim:
Plano pessoal Todos os meus projectos de realização pessoal foram cumpridos dentro das minhas expectativas, em especial uma melhoria nos contactos humanos e círculo de amizades. Com ênfase especial para o universo “Bloger”...No painel profissional o ano de 2004 foi duro mas aliciante, porque perante conjuntura tão agressiva dos nossos concorrentes (com os inevitáveis asiáticos), a empresa onde trabalho, desenvolveu grandes esforços e desafios para todos os que lá trabalham e deste modo podermos continuar a construir o nosso futuro, mas não está fácil, vamos lá lutar com coragem, até ver…
No plano desportivo foi um ano gratificante: O meu F.C.P. foi campeão nacional, europeu, mundial, etc., que mais devo pedir? Com os meus colegas dos sábados de manhã no Parque da Cidade no Porto, continuamos com um espírito de grupo assinalável e presenças assíduas que demonstram o interesse e carinho que todos nós dedicamos a estes momentos quase insubstituíveis.
Termino este texto no 1º dia de 2005, com a fé inabalável de que pior não deverá ser…
Um Abraço para todos Vós!!!
Diapositivo1.JPG

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:42


Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D