Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



HISTÓRIAS DO METRO II...
Hoje, véspera do início do tão badalado campeonato da Europa em futebol, fui a convite do meu genro Ruben, á loja do cidadão sita na Torre das Antas e que por inerência está mesmo ao lado do novo estádio do Dragão como todos sabem. Quero aqui confessar humildemente que ainda não tinha estado junto a tão grandioso empreendimento, mas que querem eu não tenho tido tempo nesta vida tão ocupada!
Enfim lá fomos então os dois, mas de Metro, visto que a nova ligação recentemente inaugurada termina mesmo junto ao estádio.Entramos na Sª da Hora e lá fomos apreciando a paisagem, em especial a partir da Trindade que era o troço que eu ainda não conhecia. Na verdade este tipo de transporte é um verdadeiro achado e resolve a meu ver a tão falada mobilidade no grande Porto.Limpo, pontual, escorreito, propiciando uma boa conversa com o vizinho(a) do lado, não há melhor.
Chegados á Loja do Cidadão, o meu genro Ruben levantou o documento pretendido (o passaporte renovado da esposa Andreia) e voltamos para a viagem de retorno a casa. Aqui apenas um pequeno parêntesis para assinalar o que me pareçe um serviço exemplar, ou seja , o atendimento e funcionamento da Loja do Cidadão: muita gente a ser atendida, em boa ordem, sem atropelos e sem reclamações.Sim senhor, fiquei cliente! Quando precisar de um documento especial, já sei onde ir.
Na volta e após um pequeno passeio á volta do estádio e porque não deixavam entrar ninguém(estava na ocasião a selecção da Grécia a treinar á porta fechada), iniciamos a viagem de regresso á Sª da Hora e que decorreu sem problemas.Aqui chegados (e agora preparem-se para ouvir!) acontecem das cenas mais surrealistas de que já não tinha memória em tempos recentes!Saídos da carruagem eu e o Ruben, entram os passageiros que estavam á espera, e fracções de segundo antes do Metro arrancar, vejo uma senhora a querer entrar, a porta automática a fechar antes da senhora o conseguir fazer, ela aflita começa a gritar que o seu filho pequeno está dentro da carruagem, a composição arranca, a dita senhora em desespero de causa a correr atrás do Metro, eu apercebo-me rápidamente das consequências do que vai acontecer,(a paragem mais próxima é “apenas” a 2 kms!) e desato também a correr desalmadamente atrás do Metro acompanhado já pelo Ruben e após repetidos apelos e gritos para o maquinista e isto tudo em plena corrida desenfreada , milagrosamente a carruagem abranda e o miúdo é resgatado para a mãe em pânico total, esfalfados os três, eu e o Ruben desandamos e saímos de cena, enquanto um aglomerado de pessoas dentro e fora da carrugem consolavam a amedrontada mãe. Resta dizer que o miúdo estava no seu carrinho de bebè, impávido e sereno perante estas cenas rocambolescas, mas verdadeiras. Que cena...

Senhora da Hora no dia 11 de Junho de 2004.- ás 18.00 horas.

PS.AOS RESPONSÁVEIS DA SEGURANÇA DO METRO DO PORTO: Estas situações devem estar contempladas nas vossas áreas relacionadas com a Segurança dos passageiros e composições. Os vossos colaboradores devem ter todo o cuidado e sensibilidade nestes casos. Estou certo certo que partilham destes pensamentos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:01


Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D