Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




OLHA PARA O QUE EU DIGO…

por jotaeme, em 28.11.13

Espanta-me a apatia com que vemos todo este momento social que as organizações sindicais e políticos já retirados vão debitando dia após dia.

Se as primeiras cumprem a sua “obrigação” para mostrar trabalho, os segundos, (os políticos no seu retiro espiritual), causam-me alguma repulsa, porque tendo as benesses do Estado, conseguidas nos tempos da fartura, não os vejo a renegar essas benesses em favor dos mais necessitados!

Não os vi fazer uma governação mais rigorosa nos dinheiros públicos, nas subvenções que recebiam sob qualquer pretexto, a não estancarem o aumento da dívida pública! Não os vi a mostrarem soluções para que Portugal seja em termos de soberania financeira um País verdadeiramente seguro e fiável.

Foi um “deixa andar", governo após governo, até apanharmos por tabela, muito mal preparados pela crise financeira de 2009!

Agora nas palavras dos média, debitam soluções milagrosas, têm remedio para tudo, falam de cátedra, fazendo de todos nós burros e incompetentes!

Figuras como Durão Barroso, (o fugitivo), Marcelo Rebelo de Sousa, (o nadador intelectual), Mário Soares (Le Presidente mon ami, pas de tout),José Sócrates, (o engenheiro filósofo),Marques Mendes, (o pequenino admirador de Cavaco Silva, PM),estes apenas para citar alguns, metem-me dó pela sua desfaçatez e poder de adivinhação, que nem o falecido cartomante Zandinga, desdenharia ter…

A situação está má? Está sim, mas para os mais frágeis e pobres, que são sempre os primeiros a sofrer com o desemprego e a exclusão social.

Porque para os "endinheirados", já sabemos como é! Lamentos e mais lamentos e nos bastidores a rirem-se das dificuldades dos mais fracos. Dão esmola com ar piedoso tal e qual como nos tempos da “outra senhora” e segue a procissão…

Entretanto o ranking dos milionários em Portugal aumenta (!), de ano para ano em tempos como os de hoje!

Vão ser tempos difíceis? Vão! Mas não é com estas figuras sempre no contra que iremos lá. Deixemos este Governo cumprir a sua legislatura e depois sim avaliar, punir ou premiar o seu desempenho nos resultados obtidos.

Deixemo-nos de aventureirismos que nos podem levar a mais dificuldades. E dou uma sugestão: a todos estes profetas da desgraça, porque não emigram de vez, como Durão Barroso? Fiquem por lá nesta Europa imersa em exílios dourados…

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:47



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D