Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




OS TRÊS LADOS DO CUBO…

por jotaeme, em 06.09.13

Algumas pessoas afirmam que se estão a perder bons hábitos sociais, devido ao progresso tecnológico que nos traz tudo a casa assim nós o queiramos.

É verdade que se pedirmos uma “pizza”, ele vem em alta velocidade e em poucos minutos ao nosso domicílio;

É verdade que se colocarmos um filme no nosso DVD lá de casa, (sacado na Net, alugado num clube vídeo ou comprado em qualquer grande superfície) nos livra de uma ida aos cinemas num qualquer centro comercial.

Estes são apenas dois exemplos entre muitos outros, que ilustram a argumentação acima referenciada.

Mas temos de relevar também as vantagens destas “mordomias”: A resposta rápida a uma dúvida que tenhamos a necessidade de um contacto ou endereço, o planeamento de uma tarefa, com uma simples consulta no site da Google, por exemplo!

A utilização das Redes Sociais, como o Facebook, ou outras, sempre na berlinda, permitem-nos sim, contactar Amigos e Conhecidos com alguma regularidade. A denúncia de casos de gritante injustiça e que vão acontecendo um pouco por todo o lado com pessoas e animais. Cito só este exemplo vindo nos jornais de hoje: “Uma cadela rottweiler é encontrada na zona de Águeda, ferida a tiro, abandonada, envolta em plástico e com pedra por cima, numa ravina destinada por algum anormal dito inteligente a morrer de um modo vil, e salva por acaso por um grupo de jovens que passou pelo local e socorreu o infeliz animal., providenciando-lhe assistência medica! “ Este é apenas um exemplo do poder comunicacional destas “modernices”, como dizem os céticos que não evoluem ou não querem evoluir!

Ir ao cinema é preferível do que ficar em casa? Para mim é!

Sair com a Família ou os Amigos para um passeio ao ar livre é melhor do que ficar em casa, é! Mas há ocasiões em que apetece ficar em casa. É algum mal? Claro que não.

Todos nós devemos usar com equilíbrio as novas possibilidades tecnológicas, sem descurar os a contactos diretos com as pessoas das nossas relações de amizade, mas não façam destas alterações dos hábitos numa tragedia. Saibamos é tirar o devido proveito destas variantes sociais! O resto são cantigas!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:49



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D